Governo do Distrito Federal

Pesquisa, Identificação e Monitoramento da População de Capivaras na Orla do Lago Paranoá


 
 

Título do Projeto

 

PESQUISA IDENTIFICAÇÃO E MONITORAMENTO DA POPULAÇÃO DE CAPIVARAS NA ORLA DO LAGO PARANOÁ

 

Objetivo

 

Desenvolver pesquisa científica de monitoramento da população de capivaras para determinar a distribuição e índice de abundância de capivaras e carrapatos na orla do Lago Paranoá e realizar educação ambiental para proteção da fauna e redução de conflitos.

 

O projeto propõe estudar, através de dados inéditos, a população de capivaras na Orla do Lago Paranoá, quantificando e qualificando-a, produzindo subsídios para uma política de manejo e monitoramento, e educação ambiental em relação à espécie no Distrito Federal. O objetivo é, de forma preventiva, identificar a existência de associação das características da orla com a ocorrência de capivaras e carrapatos na orla do Lago Paranoá. Adicionalmente, será estimada a variação sazonal do número de indivíduos ao longo de toda orla, subsidiando decisões em relação ao manejo populacional. Para tal, serão desenvolvidos censos ao longo de 12 meses com a possibilidade de se tornar um programa permanente a depender dos resultados encontrados e dos recursos humanos e financeiros disponíveis. O projeto de pesquisa será desenvolvido em conjunto por SEMA, Universidade Católica de Brasília (UCB). A supervisão do trabalho será realizada pela SEMA e a execução da pesquisa por acadêmicos da instituição com nível de doutorado, além de bolsistas de apoio à pesquisa e alunos sob supervisão.

 

Resultados Esperados

 

O intuito do projeto é produzir informações sobre a distribuição de capivaras na orla e informar a população sobre esses resultados. Com o mapeamento de distribuição de capivaras e carrapatos será possível planejar o uso da orla conciliando conservação e saúde pública, além de produzir material para campanhas de educação ambiental voltadas para a prevenção de conflitos e estímulo à proteção da fauna silvestre. Assim, as informações produzidas servirão para orientar as políticas públicas necessárias para garantir a segurança desses animais e dos frequentadores da orla.