Governo do Distrito Federal
20/03/22 às 18h13 - Atualizado em 6/04/22 às 10h54

Semana de atividades vai marcar o Dia Mundial da Água

Lançamento de projeto que recupera 40 hectares da Orla Norte do Lago Paranoá é um dos destaques da programação

 


 

O lançamento do Programa Recupera Cerrado, previsto para ser implantado em 40 hectares de áreas degradadas na Orla Norte do Lago Paranoá, e o plantio de árvores para proteger nascentes no Parque de Águas Claras estão entre as principais atividades programadas pela Secretaria do Meio Ambiente a partir desta terça-feira (22), quando se comemora o Dia Mundial da Água.

 

O plantio de árvores no parque de Águas Claras abre a programação, a partir de 8h30 de terça, com a participação de estudantes do ensino médio do Centro Educacional 4 do Guará I. Em seguida, a turma participa de uma palestra sobre recuperação de nascentes e áreas de preservação permanente no Distrito Federal.

 

O Recupera Cerrado Orla Norte dá continuidade ao Projeto de Recuperação de Áreas Degradadas e Danos nas APPs do GDF, que já recuperou 75 hectares na Orla Sul | Foto: Sema-DF

 

O evento é uma iniciativa da Secretaria de Meio Ambiente (Sema), por meio do Projeto CITinova – Planejamento Integrado e Tecnologias para Cidades Sustentáveis. A atividade vai contar com a presença do titular da pasta, Sarney Filho, e conta com a parceria da Secretaria de Educação e do Brasília Ambiental.

 

Também na terça-feira, às 11h, Sarney Filho participa, no Restaurante Comunitário (RC) de Sobradinho II, do evento Um Mergulho na Fonte da Vida, promovido pela Secretaria de Desenvolvimento Social. A ação ocorrerá nos 14 RCs do DF e busca incentivar o uso consciente da água e a importância da hidratação para a saúde. As unidades vão expor painéis e apresentar vídeos educativos no horário de almoço.

 

O webinário Ações para a Preservação dos Recursos Hídricos no DF vai apresentar iniciativas em andamento pelo GDF relacionadas à proteção de nascentes e corpos de água e de ações de recuperação dos recursos hídricos no DF.

 

Além da Sema, são parceiros do evento a Companhia de Saneamento Ambiental (Caesb), a Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento (Adasa) e a Administração Regional de Sobradinho II. A Câmara Interministerial de Segurança Alimentar e Nutricional (Caisan) e o CITinova entram como apoiadores.

 

No dia 24, entre 9h30 e 12h, o secretário de Meio Ambiente participa do webinário Ações para a Preservação dos Recursos Hídricos no DF, também realizado pela Sema em parceria com o CITinova. Serão apresentadas iniciativas em andamento pelo GDF relacionadas à proteção de nascentes e corpos de água e de ações de recuperação dos recursos hídricos no DF.

 

A programação conta com apresentação dos projetos Ações de Recomposição da Vegetação Nativa do Projeto CITinova e Recuperação da Orla, pela Sema; Proteção dos Recursos Hídricos, pelo Brasília Ambiental; Recuperação de Áreas de Proteção de Mananciais, pela Caesb, e Programa Florestar, pela Seagri. As inscrições podem ser feitas via internet por este link.

 

Recupera

 

No dia 25, é a vez do lançamento do projeto Recupera Cerrado – Orla Norte do Lago Paranoá, às 9h, no Parque Ecológico das Garças. Realizado pela Sema e pelo Instituto Brasília Ambiental, em parceria com a Fundação Banco do Brasil (FBB) e execução do Instituto Espinhaço, o projeto conta com recursos de R$ 1,2 milhão provenientes de compensação florestal. A previsão é de que sejam recuperados 40 hectares.

 

O Recupera Cerrado – Orla Norte é uma continuação do Projeto de Recuperação de Áreas Degradadas e Danos nas Áreas de Preservação Permanente (APPs) do GDF, que já recuperou 75 hectares na Orla Sul. O objetivo é garantir segurança hídrica, biodiversidade e engajamento socioambiental integrado, com base nas ações de conscientização e preservação ambiental.

 

Encerrando a semana, no dia 26, às 9h, a Feira da Ponta Norte, realizada na SCLN 216, promove, por meio da Associação Agroecológica da Feira da Ponta Norte, o debate Grito das Águas – Regeneração das Bacias Hidrográficas, com participação da coordenadora executiva do CITinova, Nazaré Soares. Ela vai falar sobre os Sistemas Agroflorestais Mecanizados (SAFs), implantados com recursos do projeto e coordenação da Sema, nas Bacias do Paranoá e do Descoberto, com o objetivo de contribuir com a segurança hídrica do DF.

 

Confira a programação:

 

Dia 22 (terça)

8h30: Plantio de mudas e palestra no Parque Ecológico de Águas Claras
11h: Um Mergulho na Fonte da Vida – exposição de painéis e apresentação de vídeos educativos, no Restaurante Comunitário de Sobradinho II

 

Dia 24 (quinta)

9h30: Webinário: Ações para a preservação dos recursos hídricos no DF.

Inscrições pela internet.

 

Dia 25 (sexta)

9h: Lançamento do projeto Recupera Cerrado – Orla Norte do Lago Paranoá, no Parque Ecológico das Garças

 

Dia 26 (sábado)

9h: Debate: Grito das Águas – Regeneração das Bacias Hidrográficas, na Feira Ponta Norte (SCLN 216)

 

Ação de Plantio Solidário no sábado (26)
No âmbito do Recupera Cerrado acontece no sábado (26), das 8h às 11h, plantio solidário no Parque Ecológico das Garças. O plantio solidário será realizado em comemoração à Semana Mundial da Água e reunirá voluntários da FBB e comunidade interessada. No local serão plantadas mudas de espécies do Cerrado e distribuídas sementes identificadas, a fim de evidenciar a diversidade de árvores nativas usadas pelo projeto.

 

*Com informações da Secretaria de Meio Ambiente do DF

Agência Brasília* | Edição: Rosualdo Rodrigues