Governo do Distrito Federal
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
16/02/22 às 18h23 - Atualizado em 16/02/22 às 18h25

Projetos da Sema são modelos de sustentabilidade para outros estados

 

Ações e projetos de parceria pelo clima no DF, foram a tônica da reunião entre o secretário Sarney Filho e o secretário-executivo do Consórcio Brasil Central (BrC), José Eduardo Pereira Filho, realizada nesta quarta-feira, 16, em ambiente virtual. O BrC é uma autarquia que tem como missão promover o desenvolvimento sustentável e integrado, formular políticas regionais e viabilizar projetos, parcerias, recursos e competências orientados à melhoria da competitividade da região.

 

Na ocasião foi apresentado o projeto Brasil Central Verde, que são linhas de créditos verdes traçadas com o apoio do Banco de Brasília, com a finalidade de financiar economia de baixo carbono, incentivando as empresas a desenvolverem soluções no setor de energia renováveis.

 

O secretário Sarney Filho expôs as iniciativas da Sema no Distrito Federal, como sugestão para serem replicadas em outros estados brasileiros. “É importante ressaltar que temos em andamento aqui na Secretaria uma série de projetos-piloto referentes as questões climática e hídrica que são modelos para serem aplicados por outros estados parceiros. Trabalhamos em prol da regulamentação comum dos estados e estamos abertos para colaborar”, afirmou.

 

Para José Eduardo Pereira a parceria tem muito a construir em conjunto a partir do que vem sendo realizado no DF. “Nós podemos pegar no dente e gerar uma ampliação para os estados consorciados, para que resulte em competitividade e eficiência ambiental sustentável”, disse.

 

Sarney Filho ainda sugeriu ao Consórcio a aplicação de investimentos do Brasil Central Verde em ações que coloquem o DF na vanguarda do combate às mudanças do clima. Iniciativas como adoção do mercado de carbono, o cumprimento das metas definidas na Contribuição Distrital Determinada (CDD) do acordo de Paris, para redução das emissões de gases de efeito estufa o DF, e a busca de recursos internacionais para contratação de mais brigadistas florestais para ampliação do combate ao fogo, estão entre as sugestões apresentadas.

 

A secretária executiva de meio ambiente do DF, Marília Marreco, participou da discussão e ressaltou os objetivos traçados na COP26, além de abrir espaço para futuras reuniões com secretários de meio ambiente de todos os outros estados. “Devemos manter esse contato e ampliar a discussão”, falou. As tratativas para planos e metas nesse sentido foram iniciadas entre as áreas técnicas.

 

O Consórcio Brasil Central é composto pelo Distrito Federal e os estados de Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia e Tocantins, e tem por objetivo promover o desenvolvimento econômico e social da região, de forma integrada e por meio da cooperação entre as Unidades Federativas para tornar a região ainda mais competitiva. O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), que assumiu a presidência da autarquia em março de 2021, foi reeleito e cumprirá mais um ano de mandato.

 

Assessoria de Comunicação

Secretaria do Meio Ambiente