Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
5/02/20 às 17h40 - Atualizado em 5/02/20 às 17h40

SEMA adota medidas sustentáveis voltadas para redução de CO², gerando vantagens para os servidores do GDF

COMPARTILHAR

Um Acordo de Cooperação Técnica (ACT) assinado entre ABDI, PTI e GDF viabilizou o início do projeto em Brasília. Os veículos serão cedidos ao governo distrital em forma de comodato, com cláusulas sobre operação, manutenção, taxas e seguros.

 

O Governo do Distrito Federal (GDF) lançou em outubro de 2019 o projeto VEM DF (Veículo para Eletromobilidade), iniciativa que prevê o compartilhamento de veículos elétricos para frotas públicas.

 

 

Servidores da SEMA utilizando os carros elétricos para realização de visita técnica ao canteiro de obras do Complexo de Reciclagem localizado no Pátio Ferroviário do Distrito Federal, nesta quarta-feira, 05/fev.

 

O Complexo de Reciclagem é um empreendimento engloba, em uma área de 80 mil m2, duas Centrais de Triagem e Reciclagem (CTRs) e uma Central de Comercialização (CC).

 

Em fase final de construção, no pátio ferroviário, próximo à Vila Estrutural, o projeto é fruto de contrato de colaboração firmado entre o GDF e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), aproximadamente R$ 53 milhões. A expectativa é de que a inauguração ocorra no âmbito da programação do aniversário de 60 anos de Brasília, em abril do próximo ano.

 

 

Para Kojo Yeboah, servidor da Secretaria de Estado do Meio Ambiente, o veículo que tem autonomia de 100 km com uma carga completa, dentre as suas principais vantagens: o veículo não gera poluição sonora ou do ar, ou seja, não há ruídos tão pouco emissão de CO², possui melhor custo por km rodado em comparação com os veículos movidos a combustão, garantindo excelente vantagem econômica para o usuário.

 

Somente os servidores distritais habilitados e cadastrados pelo GDF vão poder conduzir veículos e colaborar para a eletromobilidade e a redução da emissão de dióxido de carbono.

 

 

O VEM DF inclui, ainda, a instalação no Distrito Federal de 35 eletropostos (pontos de recarga), fabricados pela empresa WEG. Os eletropostos poderão ser usados por carros de quaisquer outras montadoras, sem cobrança de valor pela recarga.

 

De acordo com Glauco Amorim, Coordenador de Implementação da Política de Resíduos Sólidos da SEMA, o projeto Vem DF é uma proposta moderna de mobilidade que contribuirá com o desenvolvimento eficiente das atividades laborais dos servidores do Distrito federal com melhor custo benefício e redução dos impactos ambientais.

Mais informações podem ser encontradas no endereço:

https://www.agenciabrasilia.df.gov.br/2019/10/07/vem-df-tire-suas-duvidas-sobre-o-projeto-de-carros-eletricos-compartilhados/