Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal

Mapa da Cobertura Vegetal e Uso do Solo do Distrito Federal

 

Como um instrumento essencial na gestão da vegetação do Distrito Federal, a Secretaria do Meio Ambiente, com recursos do Projeto CITInova, concluiu o novo Mapa da Cobertura Vegetal e Uso do Solo do DF, contemplando informações na escala 1:25.000.

 

O novo Mapa de Vegetação mostra todos os tipos ou fitofisionomias da vegetação nativa do Bioma Cerrado, além de apontar os diferentes usos em áreas urbanas e agrícolas do DF.

 

A metodologia adotada utiliza processamentos de imagens de satélite em diversas datas, permitindo retratar a evolução do processo ao longo do tempo. Os resultados alcançados com o detalhamento da vegetação nativa são inéditos para o território do DF nesta escala. Na porção rural do território, os resultados permitiram diferenciar a agricultura permanente e a temporária, o que traz um desafio para a investigação da grande variabilidade de culturas agrícolas e das pastagens. O método utilizado mostrou ser eficiente para o monitoramento das alterações anuais de uso do solo e poderá ser ampliado para o território da RIDE.

 

O mapa deverá ser atualizado a cada ano e poderá ser utilizado como um instrumento de suporte à gestão e monitoramento das diversas atividades que qualificam os usos do solo, trazendo informações sempre atuais para a regularização fundiária e a solução dos passivos ambientais.

 

O monitoramento ao longo dos anos, a partir desta base de dados, pode acompanhar as transformações que acontecem sobre as áreas plantadas, colhidas, em pousio, abandonadas, urbanizadas, degradadas, recuperadas e conservadas. Com este mapa, os gestores terão em mãos uma eficiente ferramenta de gestão pública para o reconhecimento da dinâmica da paisagem em suas múltiplas funções econômicas e socioambientais, facilitando o desenvolvimento de estratégias para garantir mais sustentabilidade ao processo de ocupação do território do DF, priorizando ações de conservação e recuperação da vegetação.

 

Este mapeamento é insumo básico para o monitoramento da dinâmica de ocupação, para a identificação do estado da cobertura vegetal e para subsidiar ações de conservação e recomposição da vegetação natural do cerrado.

 

O mapa traz novas subclassificações que caracterizam os níveis de ocupação humana, os tipos de agriculturas, reflorestamento e as variações da vegetação nativa, de Florestas, de Savana e Campestre.

 

Os resultados alcançados, inéditos para esta escala no DF, podem ser observados no mapa a seguir, com o detalhamento da vegetação nativa, bem como as subdivisões de agricultura permanente e temporária.

 

 

A Tabela abaixo mostra os níveis de classificação e área (em hectares) de cada classe de vegetação e uso do solo representadas no mapa.

 

 

 

Verso do mapa para  download.

Faça o download dos arquivos shape file compactados aqui.

 

Dúvidas, esclarecimentos e contribuições entre em contato pelo e-mail asbio@sema.df.gov.br