Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal

Legados

A Secretaria de Meio Ambiente do Distrito Federal (Sema-DF) iniciou em 2015 a reestruturação do Sistema Distrital do Meio Ambiente (Sisdima). Concentrou sua ação na ampliação de suas estruturas de ação, seja dentro da própria secretaria, junto aos órgãos vinculados ou na sua articulação com a sociedade civil, o governo, instituições federais e organizações internacionais.

 

Órgãos vinculados: Ibram, Zoológico, Jardim Botânico e Adasa

 

No enfrentamento dos desafios ambientais do DF, a Sema concentra a busca de resultados concretos em políticas ambientais para cada uma das suas áreas. Assim, desenvolve, desde então, ações para a sustentabilidade ambiental nos campos da água, clima, cerrado e biodiversidade, educação ambiental e mobilização social, zoneamento ecológico e econômico do território, tratamento dos resíduos sólidos, defesa dos direitos dos animais.

 

Para tanto, optou pela ação transversal dentro do governo e de fortalecimento da participação da sociedade civil em seus órgãos coletivos para mobilizar atores que busquem o fortalecimento da sustentabilidade do ambiente e da sociobiodiversidade. Assim, reorganizou e fortaleceu conselhos como o do Meio Ambiente (Conam), o de Recursos Hídricos (CRH) e promoveu a instituição do Comitê Interinstitucional da Política Distrital para os Animais (CIPDA), assegurado por decreto do governador Rodrigo Rollemberg.

 

Da mesma forma, impulsionou a instituição do Fórum Aliança do Cerrado, do Comitê Distrital da Reserva da Biosfera do Cerrado. E, por último, mas não menos importante, reestruturou e reativou o Fundo Único do Meio Ambiente (Funam) para financiar ações ambientais importantes como a aceleração do Cadastramento Ambiental Rural (CAR), com repasses de mais de R$ 1 milhão, assim como viabilizou a realização do concurso para ações sustentáveis nas áreas rurais, educacionais, urbanas e empresariais.

 

Na articulação com o governo, tem atuado nas comissões de educação ambiental para a realização do Plano Distrital de Educação Ambiental. Com sua participação no Comitê de Gestão do Territorial, da Casa Civil, tem feito valer a preocupação com a ocupação desordenada do território, seus efeitos maléficos para o ambiente e o prejuízo para o equilíbrio hídrico do nosso quadrilátero. Por meio da coordenação técnica e política, a Sema conduz dentro do governo a elaboração do projeto de lei que estabelecerá o Zoneamento Ecológico Econômico do Distrito Federal.

 

Conheça os legados mais importantes da Sema-DF neste período.

 

  1. Zoneamento Ecológico-Econômico
  2. Virada do Cerrado
  3. Modernização do marco legal
  4. Colegiados com espaço e força política
  5. Cadastramento Ambiental Rural – DF
  6. Conferência Distrital do Meio Ambiente
  7. Centros de triagem de recicláveis
  8. Governança para mudanças climáticas
  9. Articulação governo e sociedade pelo Descoberto