Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
29/06/19 às 14h27 - Atualizado em 1/07/19 às 12h31

Jardim Botânico recebe Blitz Educativa de Prevenção de Incêndios Florestais

COMPARTILHAR

 

A quarta Blitz Educativa de Prevenção de Incêndios Florestais no Distrito Federal, em 2019, foi realizada na manha desta sexta feira (18) na entrada principal do Jardim Botânico de Brasília. A ação, com objetivo de conscientizar e alertar a população sobre a proibição e os perigos da queima de lixo e restos de poda, que são as principais causas de incêndios florestais no DF, teve a participação de 50 alunos da Escola Classe do Jardim Botânico.

 

Os veículos que trafegavam pelo local foram parados pelo Departamento de Estradas e Rodagem (DER). Equipes com representantes de diversos órgão do DF alertaram motoristas e passageiros para os cuidados com as áreas de cerrado, distribuindo cartilhas com recomendações.

 

Desde o início do ano, já foram registrados pelo Corpo de Bombeiros  do DF 500 focos pequenos de fogo, todos eles controlados sem grandes danos. O secretário do Meio Ambiente, Sarney Filho, que participou da mobilização, adiantou que além das blitz realizadas, a SEMA e o IBRAM iniciaram a abertura de aceiros para impedir a propagação do fogo.

 

“Daremos prioridade às oito áreas de preservação mais vulneráveis que foram identificadas pela SEMA. Além disso, para enfrentar o período seco, este ano teremos três tanques da água instalados no Jardim Botânico, APA Cabeça de Veado e na Flona de Brasília para o abastecimento de caminhões e aeronaves usados nas operações”, afirmou.

 

Sarney Filho voltou a alertar para os riscos de incêndios, depois de meses de muita chuva em Brasília. “O mato está alto e qualquer fagulha pode desencadear um incêndio grave”, disse.

 

“Nossa maior preocupação é que a população se conscientize sobre a destinação dos restos de podas. Em vários pontos da cidade os lixeiros levam esses resíduos, também se pode fazer a compostagem, mas não se pode colocar fogo. É um perigo porque o fogo se propaga rapidamente”, alertou a diretora do Jardim Botânico, Aline De Piere

 

A ação contou com a participação de 50 estudantes da 4ª a 5ª série. “A consciência ecológica começa na criança e a nossa escola trabalha com este tema. Todo o norte da educação na escola se baseia no meio ambiente e iniciativas desenvolvidas com o Jardim Botânico de Brasília”, explicou a diretora da Escola, Adriana Luzia de Medeiros Moura.

 

Já foram realizadas blitz no Park Way, Floresta Nacional de Brasília e Parque Nacional de Brasília. Até outubro estão programadas mais quatro blitz.

 

As operações são promovidas pelo Grupo Executivo do Plano de Prevenção e Combate aos incêndios florestais do DF, que é coordenado pela Secretaria do Meio Ambiente e realizado em parceria com o ICMBio, IBRAM, IBAMA, DER, CAESB, Aeronáutica, Marinha, Corpo de Bombeiros do DF, Secretaria de Saúde, Jardim Botânico de Brasília e IBGE.

 

Secretaria do Meio Ambiente (SEMA)

Assessoria de Comunicação Social