Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
9/11/17 às 10h30 - Atualizado em 22/11/17 às 10h09

Delegados da Conferência do Meio Ambiente já podem ver as propostas

COMPARTILHAR

 

A Secretaria de Meio Ambiente já sistematizou todas as propostas, que serão discutidas durante os dois dias da Conferência Distrital do Meio Ambiente – Cuidando das Águas, nos dias 25 e 26 próximos.

 

(Brasília, 22/11/2017) – As diretrizes serão debatidas por grupos de trabalho por eixo temático, de acordo com o que foi aprovado em cada uma das seis pré-conferências regionais. As propostas que têm objetivos convergentes foram aglutinadas de forma a fortalecer propostas semelhantes que foram apresentadas em mais de uma etapa, com adaptações de redação que não mudam em essência os objetivos da proposta. Na fase distrital, cada grupo de trabalho vai qualificar e priorizar dez propostas, que depois serão priorizadas dentro de todo o conjunto de 60 propostas (10 propostas por tema) na plenária final.

 

 

Aqui você pode ler o Caderno de Deliberações para o debate dos grupos de trabalho por eixo temático.

 

 

Delegados

A Secretaria do Meio Ambiente definiu a lista dos delegados da Conferência Distrital do Meio Ambiente – Cuidando das Águas – 2017 nos próximos 25 e 26 de novembro. Como secretaria executiva do evento, estabelecido pelo decreto 12.960, de dezembro de 1990, selecionou 129 delegados da sociedade civil durante a realização de seis pré-conferências, e recebeu indicações de 66 delegados de governo e instituições.

 

Integram ainda a lista dos delegados com direito a voz e voto os integrantes da Comissão Organizadora Distrital (COD), da conferência, e dos conselhos de Recursos Hídricos (CRH) e do Meio Ambiente (Conam). Há previsão para a participação de convidados com direito a voz durante a discussão nos grupos de cada um dos seis eixos temáticos da conferência.

 

Esses delegados aprovarão diretrizes para o meio ambiente do Distrito Federal e que irão integrar um Relatório Final da Conferência Distrital do Meio Ambiente, a ser encaminhado aos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário. As propostas aprovadas serão base para a elaboração do Plano Distrital de Proteção do Meio Ambiente.

 

Além de instituições governamentais distritais e federais, foram convidados a indicar delegados a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), seção DF, e a Associação Brasileira de Engenharia Sanitária (Abes). Participam ainda representantes da Câmara Legislativa.

 

Entre os representantes destas instituições há órgãos com direito à indicação de mais de um delegado. É o caso do Ibram, por exemplo, que chega a ter 14 representantes. Este direito foi concedido ainda às secretarias de Educação, de Saúde e ao Serviço de Limpeza Urbana (SLU), todos com dois delegados, assim como à Caesb e à Abes; ao Jardim Botânico, Jardim Zoológico e Universidade de Brasília, com quatro representantes.

 

Entre os representantes da sociedade civil, temos líderes de coletivos, institutos sociais, associações comunitárias, fundações ambientais, redes de atuação comunitária. Entre as ocupações, produtores e trabalhadores rurais, estudantes, acadêmicos, educadores, sindicalistas, líderes de diversas comunidades do DF como o Movimento Luta pela Terra (MLT) e o Movimento dos Sem Terra (MST), além de empresários e consultores internacionais.

 

Os delegados são de quase todos os pontos do DF, com participantes de ecovilas, acampamentos, colônias agrícolas, assentamentos, núcleos rurais. Há representantes também de diversas áreas urbanas em quase todas as regiões administrativas.

 

Delegados indicados pela sociedade civil.

Delegados indicados por governos e instituições

Aqui, você pode ter todas as informações sobre a conferência

 

Mais informações:

E-mail: comunicacaosema@gmail.com

Telefone: (61) 3214 – 5611