Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
2/12/20 às 16h31 - Atualizado em 2/12/20 às 16h31

Complexo Integrado de Reciclagem inicia atividades

COMPARTILHAR

 

A partir desta quarta-feira (02/12), entra em operação o Complexo Integrado de Reciclagem (CIR) do Distrito Federal. Inaugurado pela manhã, com as presenças do governador Ibaneis Rocha e do Secretário de Meio Ambiente, Sarney Filho, o empreendimento representa uma mudança na qualidade de vida dos catadores de materiais recicláveis reunidos em cooperativas e dá ao DF, uma posição de vanguarda na América Latina. Com investimentos de R$ 21 milhões, o Complexo poderá processar até 5 mil toneladas de resíduos recicláveis por mês.

 

“Encerramos uma etapa com esta entrega. Mas isso não é o fim. É o começo de uma nova era, em que vamos consolidar esta nova maneira de tratar os resíduos sólidos, que ao mesmo tempo em que cuida do meio ambiente, cuida também do social”. Vamos em frente porque os catadores merecem, Brasília merece e nós vamos fazer”, afirmou Sarney Filho.

 

Localizado na Cidade Estrutural, o complexo ocupa uma área de 80 mil m² com duas centrais de triagem e reciclagem (CTRs) e uma Central de Comercialização (CC). Com investimentos de R$ 21 milhões, a iniciativa tem capacidade de gerar mais de 750 postos de trabalho para catadores de materiais recicláveis.

 

O governador Ibaneis Rocha elogiou o trabalho desenvolvdo pela Sema e parceiros do GDF. “Nós temos a missão em nossa equipe, de fazer as entregas para a população. Hoje nós temos o maior Complexo de Reciclagem aqui, promessa cumprida com menos de dois anos de mandato. Esse é um governo de realizações”, afirmou.

 

 

De acordo com o governador, os catadores têm a oportunidade de dar um exemplo ao Brasil, colocando à disposição dos habitantes condições melhores de vida e de trato com o meio ambiente, por meio da reciclagem. “Que essa obra seja o início de uma grande revolução na vida de cada uma e de cada um de vocês”, disse.

 

A presidente da Central das Cooperativas de Materiais Recicláveis do DF (Centcoop), Aline Sousa, dedicou a realização do sonho a todos e todas que lutaram pela sua realização, nos últimos dez anos. “Esta é uma grande vitória depois de tanta luta desde o fechamento do antigo Lixão da Estrutural, até hoje”.

 

Aline destacou a atuação da Sema, agradecendo pela dedicação, persistência, atitude e eficiência “e por avançar por todos os obstáculos que surgiram para dificultar ou impedir essa conquista”, disse.

 

COOPERATIVAS

 

Caberá às cooperativas e associações de catadores, a gestão do CIR, compartilhada com a Sema e com o SLU, que mantém 29 contratos com 22 cooperativas e associações, envolvendo 908 catadores de recicláveis que atuam na prestação de serviços de coleta seletiva e triagem. No Complexo, são, no início, entre 450 e 500 catadores de materiais recicláveis, integrantes das cooperativas Ambiente, Coorace, Coopernoes, Construir e Recicla Brasília, ligadas à Centcoop-DF.

 

A obra foi executada pela Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap), sendo o contrato com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social  (BNDES) administrado pela Secretaria de Meio Ambiente (Sema). Já o Serviço de Limpeza Urbana (SLU) é responsável pela gestão compartilhada do CIR com a Sema, a Central das Cooperativas de Materiais Recicláveis do DF (Centcoop) e as associações de catadores que vão atuar no local.

 

Participaram da inauguração representantes das cooperativas, autoridades dos governos federal e distrital e parlamentares. Também estavam presentes o diretor adjunto do SLU, Rômulo Barbosa, o diretor presidente da Novacap, Fernando Leite e, o presidente do Brasília Ambiental,  Cláudio Trinchão.

 

Funcionamento

 

As centrais de triagem, de 2,8 mil m² cada, vão receber os resíduos que vêm da coleta seletiva. Nelas, o material é separado, classificado, pesado, prensado e então transportado para a central de comercialização, onde ocorrem o beneficiamento, estocagem e comercialização. Já a Central de Comercialização de Materiais Recicláveis receberá o material pré-selecionado para beneficiamento dos materiais advindos tanto das centrais de triagem quanto das demais cooperativas de catadores do DF pertencentes à rede Centcoop-DF.

 

Assessoria de Comunicação

Secretaria do Meio Ambiente