Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
7/05/18 às 16h28 - Atualizado em 7/05/18 às 16h32

2ª Blitz educativa de combate aos incêndios florestais do ano abordou mais de 800 carros em Brazlândia

COMPARTILHAR

Foto: Jailson Sena

Com o objetivo de conscientizar a população sobre os riscos de incêndios na época de seca, a Secretaria do Meio Ambiente (SEMA-DF), em parceria com os órgãos que fazem parte do Plano de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (PPCIF), realizou a segunda blitz educativa nesta sexta-feira (4) na BR-080 sentido Brazlândia. A região foi escolhida por ficar próxima a Floresta Nacional de Brasília (FLONA).

 

O objetivo da ação foi alertar os moradores sobre os perigos da queima de lixo e resto de poda, principais causas de incêndio na FLONA.  A Blitz ocorreu das 08h às 11h40, período em que foram abordados aproximadamente 800 motoristas.

 

“O trabalho em conjunto é um trabalho muito mais forte” ressaltou a analista ambiental Erica Matsunaga, do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBIO).  O sargento Glaucio, da Marinha do Brasil, alerta sobre a importância de respeitar a sinalização do trânsito. “Os motoristas tem que ficar atentos quanto às placas no sentido de diminuir a velocidade em regiões de travessias de animais silvestres e também de não jogar algo que possa provocar focos de incêndios nas estradas”.

 

Ao todo serão realizadas 5 Blitz Educativas como parte do Plano de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (PPCIF). A primeira aconteceu no dia 7 de abril nas proximidades do Parque Nacional e da Reserva Biológica da Contagem . Quase 100 pessoas entre servidores da Secretaria de Meio Ambiente, Instituto Brasília Ambiental (IBRAM), Jardim Botânico de Brasília (JBB), Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER), Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Marinha do Brasil, Força Aérea Brasileira, Corpo de Bombeiros Militar do DF, além de alunos de escolas públicas do DF participam da ação dando informações e orientações com distribuição de folder’s, cartilhas e almanaques. De acordo com o PPCIF, todos esses órgãos compõe o grupo executivo coordenado pela SEMA-DF.

Foto: Jailson Sena

Com o objetivo de conscientizar a população sobre os riscos de incêndios na época de seca, a Secretaria do Meio Ambiente (SEMA-DF), em parceria com os órgãos que fazem parte do Plano de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (PPCIF), realizou a segunda blitz educativa nesta sexta-feira (4) na BR-080 sentido Brazlândia. A região foi escolhida por ficar próxima a Floresta Nacional de Brasília (FLONA).

 

O objetivo da ação foi alertar os moradores sobre os perigos da queima de lixo e resto de poda, principais causas de incêndio na FLONA.  A Blitz ocorreu das 08h às 11h40, período em que foram abordados aproximadamente 800 motoristas.

 

“O trabalho em conjunto é um trabalho muito mais forte” ressaltou a analista ambiental Erica Matsunaga, do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBIO).  O sargento Glaucio, da Marinha do Brasil, alerta sobre a importância de respeitar a sinalização do trânsito. “Os motoristas tem que ficar atentos quanto às placas no sentido de diminuir a velocidade em regiões de travessias de animais silvestres e também de não jogar algo que possa provocar focos de incêndios nas estradas”.

 

Ao todo serão realizadas 5 Blitz Educativas como parte do Plano de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (PPCIF). A primeira aconteceu no dia 7 de abril nas proximidades do Parque Nacional e da Reserva Biológica da Contagem . Quase 100 pessoas entre servidores da Secretaria de Meio Ambiente, Instituto Brasília Ambiental (IBRAM), Jardim Botânico de Brasília (JBB), Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER), Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Marinha do Brasil, Força Aérea Brasileira, Corpo de Bombeiros Militar do DF, além de alunos de escolas públicas do DF participam da ação dando informações e orientações com distribuição de folder’s, cartilhas e almanaques. De acordo com o PPCIF, todos esses órgãos compõe o grupo executivo coordenado pela SEMA-DF.